quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

O GLOBO NOTICIA: QUEM BRILHA NA TV E NO RÁDIO EM 1958


EM 04 DE DEZEMBRO DE 2008, O JORNAL GLOBO PUBLICA EM SUA COLUNA: HÁ 50 ANOS A MATÉRIA: "QUEM BRILHA NA TV E NO RÁDIO DO RIO" E LÁ ESTAVA COMO REVELAÇÃO FEMININA DO ANO, A CANTORA MARION DUARTE.
É SEMPRE BOM RECORDAR O PASSADO E LEMBRAR UMA ÉPOCA TÃO BONITA QUE FORAM OS ANOS 50. MARION GANHOU O PRÊMIO MICROFONES DE OURO, POR TER SIDO A FIGURA FEMININA DE MAIOR DESTAQUE REVELADA PELO RÁDIO NESSE ANO DE 1958. E SÓ MAIS UM DETALHE, O RIO DE JANEIRO NESTA ÉPOCA, ALÉM DE CAPITAL CULTURAL DO PAÍS COMO SEMPRE FOI, ERA TAMBÉM A CAPITAL OFICIAL DO BRASIL E TUDO QUE OCORRESSE NA CIDADE ERA NOTICIADO NO BRASIL INTEIRO. OS ÍDOLOS DO RIO ERAM ÍDOLOS EM TODO O PAÍS. TANTO QUE QUEM GANHASSE, POR EXEMPLO, UM CONCURSO DE RAINHA DO RÁDIO NO RIO DE JANEIRO, ERA CONSIDERADA RAINHA NO PAÍS INTEIRO DEVIDO À GRANDE FORÇA DA RÁDIO NACIONAL, OUVIDA NO BRASIL E EM VÁRIOS PAÍSES DO MUNDO. PORTANTO SER A REVELAÇÃO DO RÁDIO NO RIO DE JANEIRO ERA TAMBÉM SE REVELAR NACIONALMENTE.
.............................................................................................................................
LEIA A REPORTAGEM NA ÍNTEGRA :
"FORAM ELEITOS ontem, por um júri formado por críticos especializados e representantes de agências de propaganda, os que receberão este ano os Microfones de Ouro e as Antenas de Prata, prêmios instituídos pela revista "Radiolândia" aos que mais se destacam no rádio e na televisão cariocas, respectivamente.
Os Microfones de Ouro tiveram os seguintes ganhadores: melhor cantor, Jorge Goulart; cantora, Lana Bittencourt; locutor, Heron Domingues; locutora, Edélsia dos Santos; locutor esportivo, Antonio Cordeiro; narrador, César Ladeira; animador de auditório, Paulo Gracindo; animador de estúdio, Jonas Garret; radiorrepórter, José Grossi; radioator, Roberto Faissal; raidioatriz, Ida Gomes; rádioator cômico, Zé Trindade; radioatriz cômica, Ema d'Ávila; novelista, Aparecida Meneses; produtor, Ghiaroni; produtor humorístico, Max Nunes; instrumentista, Altamiro Carrillo; conjunto vocal, Os Cariocas; revelação masculina Moreira Júnior (locutor esportivo); revelação feminina, Marion Duarte; compositor, Antonio Carlos Jobim; mérito radiofônico, Floriano Faissal, pelos seus quase 20 anos de dedicação e esforço à frente do Departamento de Radioteatro da Rádio Nacional e sua colaboração no levantamente artístico e moral do rádio brasileiro.
As Antenas de Prata foram para os seguintes artistas da TV: melhor cantor, Ivon Curi; cantora, Maísa; locutor Mílton Fernandes (de "Noite de gala"); locutora, Ilza Lobo; animador, Aerton Perlingeiro; animadora, Neide Aprecida; diretor de TV, Artur Farias; produtor, Flávio Cavalcanti; autor, Guilherme Figueiredo; ator, Ítalo Rossi; atriz, Dayse Lúcidi; comediante masculino, Hamílton Ferreira; comediante feminina, Nádia Maria; narrador esportivo, Luís Mendes; comentarista esportivo, José Maria Scassa; narrador, Luiz Jatobá; cenógrafo, Pernambuco de Oliveira; revelação masculina, Roberto Audi; revelação feminina, Luciene Franco; programa infantil, "Sítio do Picapau Amarelo", produzido por Maurício Sherman; programa informativo, "Reportagem Ducal"; programa cultural e educativo, "Conversando com os pais"; programa esportivo, "TV Rio Ringue"; programa de teatro: "Grande Teatro Tupi"; melhor comercial do ano: "Rei da Voz; programa humorístico, "Ali Babá e os 40 garções".